Vendas: (16) 3605 5599               SAC: 0800 885 7600
Atendimento via WhatsApp Atendimento via WhatsApp

Índice de Desenvolvimento da Saúde Suplementar - IDSS


Entenda como o IDSS (Índice de Desempenho da Saúde Suplementar) pode orientar sua escolha ao contratar um plano de saúde.

Especialmente em 2020, você deve ter ouvido falar sobre a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). Antes de entendermos melhor sobre o IDSS é preciso compreender o papel da ANS como órgão regulador de Saúde. Ligada diretamente ao Ministério da Saúde, a Agência desenvolve diversas ações que qualificam e classificam os serviços oferecidos pelas operadoras de planos de saúde em todo o país.

Um dos mais importantes programas desenvolvidos é o de Qualificação das Operadoras e, tem como objetivo avaliar o desempenho e a qualidade dos serviços oferecidos pelas operadoras de planos de saúde. Mas, em um cenário tão complexo e diverso que conta com 681 operadoras e mais de 19 mil planos ativos, como isso é feito?

Parece complicado, mas é bem simples! Através do IDSS (Índice de Desempenho da Saúde Suplementar) a ANS avalia o desempenho de cada uma das operadoras regulamentadas durante o ano. Este índice, o IDSS, é a base do Programa de Qualificação e é composto por vários indicadores que avaliam desde os serviços assistenciais oferecidos aos clientes, atendimento prestado, rede disponível até dados relativos à gestão.

O índice vai de 0,0000 a 1,0000, do pior para o melhor desempenho. Conhecendo como cada operadora foi avaliada e comparando os índices entre elas fica mais fácil escolher e decidir qual delas contratar para o seu plano de saúde. Você, bem informado(a), faz escolhas melhores.


Você, bem informado, faz escolhas melhores.

É importante que, ao escolher um plano de saúde, você conheça muito bem a operadora que vai lhe prestar estes serviços. Por isso, a ANS faz essa avaliação todos os anos e publica o índice conquistado por cada uma das operadoras. Com isso, o programa promove um maior poder de escolha na contratação de planos individuais, familiares e até mesmo empresariais. Quer saber como é feita essa avaliação e de quais dimensões e indicadores ela é composta?


Um panorama completo sobre o desempenho de todas as operadoras do país.

Feita todos os anos em âmbito nacional, a avaliação que gera como resultado o IDSS (Índice de Desempenho da Saúde Suplementar) conta com 32 indicadores, divididos em 4 grandes dimensões: Qualidade em Atenção à Saúde, Garantia de Acesso, Sustentabilidade de Mercado e, por fim, Gestão de Processos e Regulação. A nota de cada um desses indicadores varia entre 0,0000 a 1,0000.

É importante dizer que a avaliação é retroativa, ou seja, em 2021 são publicados os índices obtidos pela avaliação feita no ano anterior (ano-base: 2020).

Conhecendo as 4 dimensões e o que observar em cada uma delas.

Dentre as 4 dimensões que apresentamos, Qualidade em Atenção à Saúde é a que tem mais indicadores (12). Por isso, é possível afirmar que o foco da avaliação feita pela ANS está na assistência. Ou seja, nos cuidados com a saúde dos beneficiários.Aqui, na Unimed RIbeirão Preto, todas as dimensões são muito bem pensadas e planejadas antes mesmo do acolhimento do paciente.


Índice de Desempenho e Qualidade na Atenção à Saúde (IDQS)

Esta dimensão avalia como está sendo realizado o atendimento oferecido ao paciente. São analisadas as ações de prevenção, promoção da saúde e atendimento geral ao beneficiário.
A principal fonte de dados desta dimensão são as guias de atendimento aos beneficiários, conhecidas também como Guias TISS. O correto registro dos dados de atendimento nestas guias é o primeiro passo para que os resultados destes indicadores reflitam a realidade assistencial da operadora. Para isso, a proximidade com os prestadores de serviços, com canais claros de comunicação, é essencial.

Índice de Garantia de Acesso aos Atendimentos (IDGA)

Esta dimensão está diretamente relacionada à Qualidade e Acesso aos Hospitais, Laboratórios e Profissionais de Saúde. Sejam serviços próprios ou a rede de parceiros e prestadores onde o beneficiário é atendido.

Índice de Sustentabilidade no Mercado (IDSM)

Também conhecido como Satisfação do Cliente e Solidez do Plano de Saúde, esta dimensão avalia como está a situação financeira das operadoras e o feedback dos clientes em relação ao atendimento recebido.

Por isso, é fundamental que toda a equipe que atua na frente administrativa esteja empenhada em gerir gastos, otimizar investimentos e oferecer as melhores soluções para todos os públicos envolvidos.

As operadoras também necessitam realizar anualmente uma Pesquisa de satisfação do beneficiário que trará a pontuação complementar desta dimensão, além de oferecer mais informações sobre as necessidades e percepções dos beneficiários em relação aos serviços prestados.

Índice de Gestão de Processos e Regulação (IDGR)

Esta dimensão tem como objetivo compreender como estão as obrigações que as operadoras possuem com a ANS, incluindo o envio de informações e dados. É imprescindível que todos os envolvidos nas operadoras de saúde estejam 100% alinhados e colaborando com os processos operacionais internos.

Esse site utiliza cookies para viabilizar a sua navegação, gerenciar suas funcionalidades e aprimorar sua interação com nossos produtos e serviços. Todos os cookies, exceto os estritamente necessários, precisam de seu consentimento para serem utilizados.
Para saber mais visite a nossa Política de Privacidade e Proteção de Dados.

Esse site utiliza cookies para viabilizar a sua navegação, gerenciar suas funcionalidades e aprimorar sua interação com nossos produtos e serviços. Todos os cookies, exceto os estritamente necessários, precisam de seu consentimento para serem utilizados.
Para saber mais visite a nossa Política de Privacidade e Proteção de Dados.