Vendas: (16) 3605 5599     SAC: 0800 885 7600
Rua Lafaiete, 766

Dia Mundial da Alimentação: do combate à fome às mudanças climáticas.


Data: 16/10/2019

Dia Mundial da Alimentao: do combate  fome s mudanas climticas.

Entenda a importância desta data que faz um alerta sobre a fome e a segurança alimentar.

O Dia Mundial da Alimentação é comemorado em 16 de outubro em mais de 150 países no mundo e coincide com a fundação da ONU (Organização das Nações Unidas), em 1945. A data serve de gancho para promover a conscientização sobre a fome e a necessidade de garantir a segurança alimentar e dietas nutritivas para todos.

Mesmo com enormes áreas cultiváveis, o número de pessoas sem acesso à alimentação de qualidade é impressionante. Você sabia que existem mais de 800 milhões de pessoas em situação de insegurança alimentar no mundo? As mudanças climáticas também agravam o problema da fome e podem colocar em risco muitas nações.

Por isso, é preciso olhar com atenção para esse assunto que começou a ser abordado amplamente após as grandes guerras mundiais que aconteceram na Europa e mostraram a vulnerabilidade da população devido à escassez de alimentos.

Segundo estudos do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), estima-se que cerca de 7 milhões de pessoas no Brasil não se alimentam corretamente ou não façam a quantidade mínima derefeições ao longo do dia. Outra situação alarmante é sobre o desperdício de alimentos, desde a lavoura até a mesa do consumidor final, o que poderia abastecer muitos lares e amenizar a fome de muitas famílias.

Nosso planeta possui, atualmente, 7 bilhões de pessoas e a crise alimentar tem sido discutida devido às mudanças climáticas, que desencadeiam o aumento da temperatura global, interferindo diretamente nas lavouras destinadas ao abastecimento dos grandes centros urbanos.

Nesta luta pela sobrevivência, é necessário unir esforços para combater a fome, a fim de garantir alimentos para todos, em quantidades suficientes. Dessa forma, a população estará livre do desabastecimento, bem como o surgimento de graves doenças relacionadas à falta de comida. A Unimed apoia esta iniciativa que reforça a importância que todos devem ter sobre os alimentos em nossa comunidade.




Home
Notícias